Oracle – Listener

Resumo: neste tutorial, você aprenderá sobre Oracle listener e como usar os comandos de controle para gerencia-lo.

Introdução ao Oracle Listener

O listener é um processo de servidor de banco de dados separado que é executado localmente no servidor de banco de dados ou remotamente no ambiente Oracle.

A imagem abaixo, mostra a arquitetura do banco de dados Oracle e onde o listener está localizado:

Quando chega uma solicitação do cliente, o listener primeiro a recebe e então ele estabelece uma conexão entre o cliente e a instância do banco de dados.

Depois que o cliente é conectado à instância do banco de dados com êxito, ele transfere a conexão do cliente para o servidor de processo.

Se o listener parar de funcionar, você não poderá mais se conectar ao banco de dados Oracle. No entanto, todas as conexões existentes não serão afetadas.

Comandos de controle do Oracle Listener

Para iniciar o controle do listener, você usa o comando LSNCTRL da linha de comando no prompt de comando do Windows ou no terminal do Linux:

lsnrctrl

Digite o comando help para ver todas as opções disponíveis:

LSNRCTL> help

Aqui está o resultado:

The following operations are available
An asterisk (*) denotes a modifier or extended command:

start           stop            status          services
version         reload          save_config     trace
quit            exit            set*            show*

Você pode usar todos esses comandos para controlar o listener. Vamos usar o comando status:

LSNRCTL> status

A saída mostra o status do listener, como alias, versão, data de início, tempo de atividade, arquivo de rastreio, segurança, arquivos de parâmetro do listener, arquivos de log do listener e resumo do terminal de atendimento.

Agora, emita o comando de parada:

LSNRCTL> stop

Depois que o listener parar de escutar, você não poderá mais se conectar ao banco de dados Oracle. Qualquer tentativa de conexão com o banco de dados Oracle resultará no seguinte erro:

ORA-12541: TNS:no listener

Observe que todas as conexões estabelecidas antes da interrupção do listener não serão afetadas. Como a interrupção do listener impede as novas conexões, ela não desconecta aquelas que já estão conectadas.

Use o comando start para abrir o listener:

LSNRCTL> start

Para sair do listener, você usa o comando exit:

LSNRCTL> quit

Outra maneira de executar o comando do listener é por meio da linha de comando, sem entrar na interface de controle do listener. Por exemplo, para visualizar o status do listener, você pode usar o seguinte comando na linha de comando no Windows ou Terminal no Linux:

lsnrctl status

No Windows, o Oracle listener tem um serviço em execução como TNS listener. Você também pode controlar o status do listener por meio deste serviço, interrompendo-o e iniciando-o.

Neste tutorial, foi abordado como usar os comandos para controlar o listener, espero que vocês tenham agregado mais conhecimentos. Até a próxima.

fonte: https://www.oracletutorial.com/